Veja a estrutura de processos do GPA para definir seus valores e sua cultura

Com uma reformulação em seu modelo de negócio, a empresa deu autonomia aos seus funcionários e, assim, alcançou maior satisfação interna

Com 145 mil colaboradores em suas empresas, desde 2015 o grupo GPA tem o desafio de elaborar uma cultura alinhada com seus funcionários. Para isso, a instituição criou um Comitê com 6 mil gerentes e sêniores para debater o que poderia ser feito e engajar, ainda mais, os seus funcionários. Atualmente, o grupo conta com a preparação da liderança para que o conceito de cultura seja partilhado, de forma consciente, para todos os funcionários. Confira abaixo as etapas do processo feito pelo grupo:

fluxo_gpa.png

DIAGNÓSTICO: Para identificar o que era cultura para o GPA, a instituição realizou pesquisas online e entrevistas com seus stakeholders, desde fornecedores a clientes. Nisso, a empresa concluiu a primeira etapa chamada diagnóstico, onde ela avaliou, a partir das respostas dos entrevistados, o que as pessoas entendiam do GPA e dos fundamentos da marca. Após isso, a marca saiu com uma lista de possíveis valores.

POSICIONAMENTO E PROPÓSITO: No segundo passo o Comitê Executivo debateu sobre o posicionamento da marca e definiu qual era o seu propósito. Nesta etapa, o grupo contou com a área de Comunicação e Imprensa, que realizou um processo de investigação para saber o posicionamento e o propósito do GPA em seus diversos negócios. Esse processo teve duração de oito meses e, no fim dele, foi definido o seu propósito com a palavra Poder, pois o Comitê entendeu que seus stakeholders tem o poder de escolha e de encontrar a melhor opção dentro e fora da instituição.

DETERMINAÇÃO DE VALORES: Depois de associado esse valor à marca, a empresa determinou os quatro valores da empresa. Com isso, ficou estabelecido que fossem:

Escolha do cliente: aqui o grupo GPA acredita que seu modelo de negócio deve estar voltado para o cliente;

Simplificação: a partir da utilização de aplicativos e a capacitação dos colaboradores, a marca agiliza mais o seu processo de trabalho;

Impactar pessoas: dar direito para que os colaboradores possam ter autonomia em seus trabalhos;

Realizar todos os dias.

TRANSMISSÃO DE VALORES: Atualmente, a empresa está na fase de passar esses valores para os seus 140 mil funcionários. Há seis meses o grupo GPA vem trabalhando a melhor forma de repassar isso. Nessa fase, a abordagem encontrada para passar esse valor ao seu público foi dar exemplos, conforme o negócio de cada área. Este processo aconteceu nos últimos seis meses de 2016 e ainda está em curso. Outra forma de passar esse propósito para os funcionários é preparar a liderança, algo que o grupo GPA vem fazendo. “A gente ficou no dilema de falar tudo de uma vez ou ir com calma, e foi daí que começamos a pensar nesse projeto”, conta Larissa Forte, head de Recursos Humanos do GPA. 

Clique Aqui para Deixar um Comentário Abaixo 0 Comentários